Trabalhas para uma empresa de consultoria, outsourcing ou de produto?

Guia sobre as diferenças entre os tipos de empresas na área das tecnologias da informação em Portugal.

É uma dúvida frequente a confusão sobre os tipos de empresas que existem na área de TI. Vamos agora explicar quais as diferenças que existem entre as mesmas.

Empresas de outsourcing

Dedicam-se unicamente a vender os seus recursos humanos para o cliente final. Por norma a sede destas empresas está repleta de recruiters e business managers. Os informáticos, ou estão no cliente, ou aguardam por colocação na sede.

Empresas de consultoria

Concebem e desenvolvem software para outra(s) empresa(s) com vista a resolução de um problema específico numa área em que são especialistas. Uma empresa paga a uma consultora para receber uma solução para um problema que não tem resposta com os recursos internos que dispõe.

Empresas de recrutamento

Fazem o match entre a empresa que pretende recrutar e o candidato. O contrato é feito directamente com o cliente final. Este normalmente é uma empresa de consultoria, ou de produto, que pagou pelo serviço de sourcing de candidatos.

Empresas de produto

Possuem um produto próprio que é desenvolvido internamente. Cada vez mais há empresas de produto com vastas equipas formadas por profissionais provenientes de empresas de outsourcing. Muitas vezes também delegam a parte do sourcing de candidatos para empresas de recrutamento.

Notas finais

Uma chamada especial de atenção. Começa a ser bastante comum muitas destas empresas serem uma mistura de vários tipos.

É por isso fundamental entender qual a posição para que vão. A escolha do tipo de empresa onde gostariam de trabalhar deve ter em conta vários factores. Estes dependem das preferências de cada um.

No entanto, podemos ver com base nos dados do Teamlyzer, que as empresas de produto são por norma as melhores para trabalhar na área de TI. Com salários superiores e melhores experiências. As de outsourcing tendem a ser as piores.