10 empresas portuguesas de TI que fecharam em 2017

Lista de 10 empresas portuguesas dedicadas à área das tecnologias da informação que fecharam portas em 2017

Como é natural, há empresas que fecham e que portanto, não fazem sentido continuar a existir na base de dados do Teamlyzer.

O presente artigo enumera 10 empresas que fecharam portas em 2017 na área das tecnologias da informação em Portugal. A ordem da lista apresentada é irrelevante.

PS: Os websites são cache de versões antigas, pelo que é normal que demore um pouco a carregar as páginas.

#1 – Kinematix

A Kinematix, originalmente apelidada de Tomorrow Options, é uma startup portuguesa especializada no desenvolvimento de dispositivos eletrónicos inovadores. O seu produto mais conhecido chama-se Tune, um dispositivo que monitoriza o comportamento dos pés de corredores no solo.

#2 – Tuizzi

A Tuizzi é uma plataforma online que permite juntar anunciantes e donos dos suportes num só lugar, simplificando assim, a comunicação entre quem procura e quem vende espaços de publicidade.

#3 – Movvo

A Movvo é uma startup tecnológica que desenvolveu uma solução capaz de compreender, prever e influenciar o comportamento dos clientes em ambiente de loja. 

#4 – Yap Technology

A YAP_Technology é uma empresa que resulta da fusão entre Front.end e a Yap Comunicação, que detinha a agência de publicidade 'Sardinha'. Passa a incorporar nos seus produtos e serviços novas competências de produção digital, desenvolvimento de software, comunicação e publicidade.

#5 – Safetech

A Safetech desenvolve competências de engenharia na prestação de serviços de consultoria, planeamento e implementação de infraestruturas de sistemas de informação e comunicação.

#6 – Multivector

A Multivector é especialista e líder no desenvolvimento de soluções tecnologicamente inovadoras para os sectores imobiliário e automóvel. Possui uma vasta experiência na implementação de soluções integradas de gestão comercial, web site na internet e distribuição automática de conteúdos online e offline.

#7 – CIL - Centro de Informática

A oferta de serviços e sistemas da CIL cobre todo o ciclo de vida das soluções, desde os serviços de consultoria para a sua definição e planeamento estratégico até à implementação das plataformas de hardware, software e comunicações que as suportam.

#8 – Baboom

A Baboom Lda é uma subsidiária portuguesa de uma empresa homónima com sede na Nova Zelândia. Os utilizadores poderão ouvir música gratuitamente ou comprar músicas. A plataforma permitirá ainda a venda online de bilhetes e merchandising. Ficou conhecida por ser uma empresa fundada por Kim Dotcom.

#9 – Thoughts Feels Good

Aplicação móvel gratuita para sistema operativo iOS e Android, que tem como missão partilhar pensamentos e emoções entre pessoas.

#10 – Lincis

A Lincis está especializada na implementação de soluções diferenciadas, valendo-se das suas competências em electrónica e informática. Quem procura a Lincis vem com um intuito: ver a sua ideia implementada, quer seja para resolver um problema ou simplesmente para uma otimização de um qualquer processo.

--

Houve ainda uma série de outros serviços e/ou empresas que ficaram aparentemente indisponíveis. Serão estes também removidos.

Consultoras & Outsourcing

Software house & Internet

  • Bundlr (Ferramenta de "clipping", organização e partilha digital)
  • Upicstock (Banco de imagens e fotografia)
  • Sigma Commerce (Solução de e-commerce e marketing digital)
  • Unicorn Unique Solutions (Empresa dedicada ao desenvolvimento aplicacional)
  • MVO(Empresa dedicada ao e-commerce)
  • Movensis (Empresa dedicada ao desenvolvimento de soluções móveis)
  • Knowledge Bubble (Empresa dedicada ao desenvolvimento web)
  • Spotlab (Empresa dedicada ao desenvolvimento web)
  • Footagora (Startup ligada às estatísticas no futebol)
  • Coacher (Aplicação web e mobile destinada aos treinadores de futebol)
  • Jesbee (Chat que recompensa utilizadores por comunicarem com os seus contactos)